Skip navigation

Tag Archives: animação

Uma das animações mais fodas que eu já vi.

Via Brainstorm9

O cara é do Nola e tá recebendo um prêmio atrás do outro.

Via Brainstorm9

De arrepiar.

Aqui os criadores explicam o processo.

Via Brainstorm9

O making of deste trabalho de graduação – sim, trabalho de graduação! – é absolutamente embasbacante:

Blu e sua visão científica sobre a criação do universo. O stop motion mostra o início da vida e a história da evolução em muros.

Muito bom, vale cada minuto. A forma como a percepção do tempo molda comportamentos é fodástica.

Uma verdadeira saga. 

A harmonia entre som e imagem é embasbacante.

Há algum tempo falamos sobre o Logorama neste post. Porém os spotlights ainda não estavam focados nesse ganhador do Oscar e somente agora apareceu um link com o curta na íntegra. Aproveitem.

Vodpod videos no longer available.

Vagabundeando pelo SlashFilm hoje encontrei um pequeno artigo sobre um curta, indicado ao Oscar 2010, chamado Logorama, do coletivo francês H5. E é simplesmente sensacional. Praticamente todos os elementos do curta são marcas ou símbolos conhecidos, e alguns passam completamente despercebidos (só percebi o logo da Atari na terceira vez que assisti).

O filme completo estava disponível pela manhã, quando consegui assisti. Infelizmente não está mais, o que pra mim não faz sentido nenhum, já que só é possível assisti-lo em festivais. Enfim, o trailer tá aqui, mas vale muito a pena ir atrás da versão completa.

E sejamos sinceros, qualquer animação que conta com o Ronald McDonald chutando a cara de uma criança enquanto pega outra como refém (prometendo matar todo mundo) merece nosso respeito. E um Oscar, por favor!

Vi essa animação em 2006 no Animamundi e só agora esbarrei com ela na web. Ácida e contemporânea, as imagens tocam em feridas que ainda não foram totalmente cicatrizadas em todos nós, principalmente nos moradores de NY.  Não vou me extender.  Deixo para o autor da obra falar um pouco mais e aguçar a sua curiosidade.

The Empire unveils everything but sees nothing. Its enemies idealize everything but tolerate nothing. For some the earthly orgasm of virtual whores. For others the eternal orgasm of 70 heavenly virgins. What if it all came down to flesh?